Seis passos do SOS Comunidade

26/10/2018 18:05

Na última semana de outubro você irá receber, em sua loja, a cartilha do Programa SOS Comunidade, que oferece ajuda humanitária às comunidades vítimas de desastres socioambientais.

 

Você sabia que o Instituo C&A realiza o programa há mais de duas décadas?

 

Nesse período, já foram realizadas mais de 40 campanhas que mobilizaram a entrega de cerca de US$ 2 milhões em donativos básicos (água, comida, vestuário) e em reconstrução para situações pós desastre em todo Brasil. “O SOS Comunidade é um exercício de solidariedade e de participação social, que mobiliza recursos e equipes voluntárias de ajuda humanitária, em casos de emergência, ou quando desastres acontecem. Nestas situações, encontramos o sentido de humanidade, a solidariedade e a cidadania. Por isso, participar e vestir a camisa com amor faz bem a todos os envolvidos”, afirma Rodrigo D´Almeida, consultor especializado para ações de Ajuda Humanitária do IC&A.

 

Mas você sabe o que é preciso fazer para acionar o programa?

 

São seis passos que você deve seguir para garantir o apoio do IC&A em caso de deslizamentos de terra, inundações, secas, incêndios ou outros tipos de desastre. O público alvo das ações do SOS Comunidade são crianças, adolescentes e suas mães.

 

Passo 1 - Acionar o Instituto C&A

 

Gerentes e/ou voluntários devem entrar em contato com o IC&A para acionar o fundo. Eles devem fazer uma parceria com as organizações locais que possam receber o recurso financeiro e apoiar as ações de ajuda humanitária. As organizações precisam preencher o cadastro de organizações do IC&A.

 

Passo 2 - Informação e Planejamento

 

Gerentes e/ou voluntários devem fazer o levantamento de dados básicos, dando atenção às necessidades dos atingidos pela emergência ou desastre. Para isso é preciso levar em conta os públicos-alvo do programa: mulheres, crianças e adolescentes.

 

 

Passo 3 - Compras

Com o planejamento em mãos, defina os itens que precisam ser comprados. Não se esqueça de negociar os preços, o manuseio e a logística de entrega com fornecedores e as instituições que irão receber a doação.

 

Atenção: Os fornecedores locais interessados precisam fazer um cadastro de fornecedor do IC&A antes de qualquer negociação.

 

Passo 4 - Comunicação

 

Toda ação humanitária requer uma comunicação bem-feita. Para o sucesso do trabalho é importante que os associados sejam informados sobre o que está acontecendo e, principalmente, sejam convidados para participar!

 

Calma que a gente te apoia! Fale com o Instituto C&A!

 

 

Passo 5 - Entrega de Donativos

 

Agora é a hora! Precisamos garantir que as doações cheguem o mais rápido possível ao local e à população afetada. Por isso, o passo 3 – onde negociamos a entrega dos produtos é tão importante. A instituição local parceira é a responsável por fazer a distribuição dos donativos para as pessoas atingidas. Mas é aqui que podemos mobilizar os nossos colegas para ajudar nessa entrega!

 

 

Passo 6 - Prestação de Contas

 

Chegou a hora de prestar contas! Para isso você precisa preparar um relatório com informações e fotografias de todos os encaminhamentos realizados para um representante do SOS Comunidade do Instituto C&A.

 

O relatório deve conter:  situação do desastre; número de pessoas atingidas; número de voluntários/associados envolvidos; recursos doados; suprimentos distribuídos; número de beneficiados; fornecedores acionados; e relação com a organização parceira local.

 

 

Quer saber mais? Confira o conteúdo disponibilizado no portal.

Você precisa estar logado para comentar e interagir!
Login ou Cadastre-se