SOS Comunidade

18/07/2017 09:53

“Nós nos dividimos para realizar as entregas, que não foram apenas de comida e cobertores, mas principalmente de tempo, amor e carinho. Ao me virar para ir a uma das esquinas onde estava um grupo de voluntários, vi que todos estavam chorando. Quando me aproximei, vi um idoso agradecendo com um sorriso e lágrimas nos olhos, dizendo que Jesus tinha no enviado, pois já fazia muito tempo que ele pedia um cobertor e, até naquela noite, ainda dormia ao relento. ” Quem lembra desse episódio emocionante é a Ana Flávia da Cruz Melo, back office da loja CBO e voluntária formadora. Esse foi apenas um dos incontáveis momentos de gratidão que os voluntários da praça de Recife (PE) vivenciaram nos últimos dias.

Desde o fim de maio, várias cidades de Pernambuco têm sofrido as consequências das fortes chuvas que atingem o estado. Mais de 50 mil pessoas estão desabrigadas, segundo os dados do governo.

 

Em 25 de maio, após uma mobilização em tempo recorde, um grupo de voluntários da loja CBO foi para as ruas do centro da cidade de Cabo de Santo Agostinho distribuir a essas pessoas uma sopa que foi feita a muitas mãos e cobertores arrecadados entre os associados. “Foi impressionante como todos os nossos profissionais e seus familiares se envolveram. Em uma segunda-feira, falamos sobre a nossa ideia e, na quinta-feira da mesma semana, já estávamos saindo para fazer a entrega”, conta Ana Flávia.

Com um resultado tão positivo nessa primeira ação, surgiu a vontade de fazer mais. Unindo-se a outros voluntários da praça de Recife, a gerente da loja CBO acionou o SOS Comunidade, um fundo do Instituto C&A destinado ao auxílio às comunidades em situações de emergência.

“Cumprimos todas as etapas para ter acesso ao recurso. Tudo começou com uma modesta sensibilização dos voluntários dentro da loja e, cada passo dado, descobrimos que poderíamos avançar mais. Na primeira ação, de distribuição de sopa e cobertores, atingimos 70 pessoas. Depois, alcançamos cerca de 4 mil apenas em Barreiros, outra cidade em que também entregamos doações”, conta a gerente da loja CBO, Maria Cecília Guerra. 

Ao todo, foram distribuídas 2.631 cestas básicas nas cidades de Barreiros, Buíque, Sirinhaem, Catende e Palmares, todas localizadas na Zona da Mata Sul de Pernambuco.

Confira as fotos aqui

 

Conheça o SOS Comunidade

Uma das frentes de atuação do programa Voluntariado, ainda desconhecida por muitos associados, é o SOS Comunidade. Muitos países onde a C&A atua são afetados por desastres naturais, como tempestades, deslizamentos de terra, terremotos ou crises humanitárias. Por isso, desde 1992, respondemos a essas situações com a ajuda de nossos voluntários por meio do SOS Comunidade. Nessa iniciativa, eles indicam organizações sociais ou doam seu tempo apoiando as comunidades locais em caso de emergência.

 

Como funciona?

Com a ajuda do SOS Comunidade, destinamos recursos para a compra de produtos básicos, como alimentos, medicamentos, água potável, colchões, itens de higiene pessoal e outros artigos para as famílias atingidas. “Nossa contribuição mais valiosa, todavia, não está na capacidade de distribuir donativos. Quando nos movemos para ajudar quem perdeu quase tudo, o que oferecemos é, no fundo, a esperança da reconstrução. Fazemos isso com o coração e a mão estendida, mas também com um método bem estruturado” explica a gerente de Fortalecimento de Comunidades, Daniela Pavan.

 

Passo a passo

O processo para ter acesso ao fundo possui seis passos e foi pensado para que a ação ocorra da maneira mais rápida e eficiente possível – do jeito que requer uma situação de emergência.

 

Você precisa estar logado para comentar e interagir!
Login ou Cadastre-se